domingo, junho 03, 2007

calma..kagente ja vai

Certas vezes caiem-se em momentos penetrantes influidos de miscellaneous pensamentos caracterizados pela inexpressão real, poços afunilados, foços em espiral e até mm areias movediças..ao entrar é como k ser guiado pelo nada e sem destino algum..um branco de emoções que se decompõe num arco-iris..por vezes imagina-se alguma resposta que poderá ou não ficar..
de repente acorda-se!lá estamos nós em lugares, visões, odores que nos vão mostrando por onde poder ir. decisões que se tomam dentro de jogos de espelhos k nos confundem a mente e que só depois se desfazem num lençol liso e macio.
Como uma árvore que vai crescendo; têm sempre um tronco, têm sempre folhas, têm sempre raízes. MAS!cada única..tem o seu tronco, as suas folhas e as suas raízes.
tal como dizia:" as arveres, somos nozes."




transcendencias virciais ondulares das marés

halé